Cultura Urbana
Multiculturalidade
Muro de pintura livre
Sustentabilidade
BORDALO II
Coletivo RUA
CRACK KIDS
D*FACE
FAHR021.3
IAmEelco
Jacqueline de Montaigne
João Varela
Juan Jose Surace
KRUS
LOS PEPES
Mabel Vicentef
METIS
MOTS
NARK
ODEITH
Pedro Podre
Rita Cabaço
Rocket01
Stom500
Thiago Mazza
Thunders Crew
TRAFFIC
V4 Fat Heat
V4 Mikolaj Rejs
V4 PAUSEr
V4 RCLS
Zurik
Exposição
Instalação
Intervenção
Visita Guiada
Workshop
KRUS

Biografia

MURO LX_2021

portfólio

Image

A artista visual KRUS (1989) é profundamente influenciada por todos os elementos que existem na natureza e que dão vida ao seu universo criativo.

 

O ponto de partida é a pintura e a exploração de novos materiais e superfícies que impelem a artista a construir objetos, pintar murais e desenvolver peças mais íntimas. Sempre com o objetivo profundo de "transmitir emoções às pessoas".

Intervenção
ImageImage

Local: 

Passeio do Báltico
38.760841,-9.0998

Sinopse: 

O RIO

 

A narrativa que esta peça pretende representar tem um elemento central que assim nos surge quando a contemplamos. Esse elemento é o rio Tejo que, como todos os rios, favorece a vida real e imaginária de quem habita nas suas margens.

É neste sentido que se exprime Sophia de Mello Breyner quando escreve: 

 

"Ao virar da esquina de súbito avistamos 

Irizado o Tejo

Leve o nosso corpo e alma alada."

 

Os rios são seres fantásticos dado que neles se reúnem o real e o imaginário, os barcos e as ninfas, o corpo leve e a alma alada, a separação e a relação, as margens e a ponte.

Os rios possibilitam que o imaginário se faça real e, por isso, nas suas margens, se construíram tão belas cidades.

 

Esta espécie de homenagem ao rio Tejo e à cidade de Lisboa tem como fim que os saibamos fruir e deles saibamos cuidar.

Biografia

MURO LX_2021

portfólio

Image
ImageImage