Cultura Urbana
Multiculturalidade
Muro de pintura livre
Sustentabilidade
BORDALO II
Coletivo RUA
CRACK KIDS
D*FACE
FAHR021.3
IAmEelco
Jacqueline de Montaigne
João Varela
Juan Jose Surace
KRUS
LOS PEPES
Mabel Vicentef
METIS
MOTS
NARK
ODEITH
Pedro Podre
Rita Cabaço
Rocket01
Stom500
Thiago Mazza
Thunders Crew
TRAFFIC
V4 Fat Heat
V4 Mikolaj Rejs
V4 PAUSEr
V4 RCLS
Zurik
Exposição
Instalação
Intervenção
Visita Guiada
Workshop
CRACK KIDS

Biografia

MURO LX_2021

portfólio

Image

Músicos, artistas, designers, writers, fotógrafos e sneakerheads, somos todos os que respiram a cultura urbana, que a fazem, que a ouvem e que a ajudam a crescer. 

 

Tudo começou em 2009 com a Montana Shop & Gallery, no Bairro Alto, a loja especializada em cultura urbana. Apresentámos à cidade artistas emergentes, como Akacorleone, Bordalo II ou Maria Imaginário, mas queríamos mais.

 

Em 2016 mudámos de morada – para o Cais do Sodré –, e o nome, para Montana Lisboa. Três anos depois, assumimos a identidade que sempre levámos às costas, Crack Kids, e deixámos de ser apenas um oásis à beira-rio no centro da cidade.

 

Somos um coletivo de identidade múltipla, com vontade de incluir tudo e todos os que queiram fazer parte.

 

Nesta nova etapa, temos uma loja multimarca com os melhores produtos para graffiti. Estabelecemos a nossa própria marca de roupa com edições limitadas, assinadas por artistas ligados ao movimento, responsáveis também por serigrafias únicas. E não esquecemos a parte de galeria, sempre com a ênfase em newcomers e com exposições renovadas a cada dois meses.

Exposição

Info: 

Gare do Oriente
38.767842,-9.099345

Sinopse: 

KARMA, das ruas para a galeria, da galeria para as ruas.

“Desde 2009, é das ruas que chega a arte que temos vindo a expor na nossa galeria, inicialmente no Bairro Alto e atualmente no Cais do Sodré́.

E se somos das ruas e é de lá que os nossos artistas chegam, 12 anos depois, temos a oportunidade de devolver às ruas a arte e o talento que elas nos deram.

Uma espécie de Karma, mas bom.

De forma a eternizar o momento, em cada exposição temos criado serigrafias exclusivas. No âmbito do Festival Muro, vamos transformar 12 mupis numa galeria a céu aberto, onde estarão expostas 24 serigrafias do nosso espólio de diversos artistas portugueses e estrangeiros, cronologicamente identificadas.”

Image
Image
Image
Image

Biografia

MURO LX_2021

portfólio

Image
ImageImage